Comentários







"A Falecida # 13. Fazia tempo que eu não catava um zine de papel na mão. Contém Os Mulheres Negras, Charles Bukowski, Plebe Rude e, acredite, figurinhas pra colar. Já sou freguês velho d'A Falecida." (Maurício Pereira, músico d'Os Mulheres Negras, São Paulo/SP)


"Um dos zines mais incríveis, artísticos, que recebi ultimamente!!! Quem puder conhecer corra e garanta o seu, porque é demais!!!" (Thina Curtis, fanzineira e arte-educadora, Santo André/SP)


"Muito criativo o zine, desde o envelope até o miolo, que tem duas páginas com uma área para o leitor colar as figurinhas que acompanham a edição, dentro de um pequeno envelope. A ideia é que as figuras explicam um pouco da existência de "A Falecida" e propõem que se use papel e cola, além de permitir a troca de figurinhas repetidas com outros que adquirirem o zine, para completar-se o "álbum". Isso resgata a época das cartas de zineiros e as trocas pelos correios, numa época que a internet (e mesmo os computadores) não existiam à sociedade." (Gazy Andraus, fanzineiro e professor, São Vicente/SP)


"Cara, o zine chegou, mexeu com as estruturas daqui! Genial... adorei as figurinhas, a diagramação e tudo mais, lendo e relendo... virou uma influência." (Law Tissot, fanzineiro e artista plástico, Rio Grande/RS)


"Depois que terminei de ler milhares de zines e terminado dois livros, pensei que não teria paciência para ler um zine na sequência... Resolvi "encarar" o seu zine. Meu... muuuuuito bom! Gostei demais! Principalmente das entrevistas, gosto muito (e me identifico) com a forma que pergunta, sempre preocupado em sair do lugar comum e fazer questões sempre baseadas no histórico do entrevistado. Parabéns pelo excelente zine!" (Márcio Sno, fanzineiro e videomaker, São Paulo/SP)

Nenhum comentário:

Postar um comentário